• PORTAL G7

Ação de fiscalização urbana fecha cinco pontos comerciais em Curitiba


Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) percorreu diversas bairros da Capital, na noite de quinta-feira (3). Objetivo da operação é para combater infrações às medidas sanitárias de prevenção ao coronavírus.



Foto: PMPR



Os esforços da Polícia Militar para combater infrações às medidas sanitárias de prevenção ao coronavírus nesta quinta-feira (03) resultaram em cinco pontos comerciais fechados e 39 pessoas abordadas em Curitiba. Em dois locais nos bairros Cidade Industrial e Boqueirão, essências de narguilé e cigarros contrabandeados foram apreendidos.


A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) percorreu os bairros Abranches, Boa Vista, Boqueirão, Caiuá, Cajuru, Centro, Cidade Industrial, Jardim das Américas, Mercês, Novo Mundo, Pilarzinho, Pinheirinho, Santa Quitéria, Sítio Cercado, Tatuquara, Umbará, Vista Alegre e Xaxim. O trabalho foi com as equipes da Polícia Militar, Guarda Municipal e Secretaria Municipal do Urbanismo.


O grupo de fiscalização esteve em oito estabelecimentos comerciais e cinco acabaram interditados por irregularidades. Os agentes municipais lavraram 29 autuações administrativas para pessoas físicas e outras seis para pessoas jurídicas. Em todos os pontos abordados, 52 pessoas foram encontradas e 39 abordadas.


Na área do trânsito, 14 veículos foram vistoriados, sendo que oito receberam notificação e cinco acabaram recolhidos ao pátio. Os agentes de trânsito também confeccionaram 21 autos de infração de trânsito e recolheram uma CNH e uma CLRV.


AGLOMERAÇÃO - O caso com maior aglomeração constatada na noite de operação foi na Cidade Industrial, por volta de 23h45. Uma denúncia indicava que havia pessoas em uma tabacaria na Rua Nossa Senhora do Equilíbrio. No momento da abordagem, as equipes da AIFU se depararam com 33 pessoas sem máscara e sem respeitar o distanciamento.


Todos foram abordados e a Secretaria Municipal do Urbanismo aplicou multa de R$ 5 mil para cada frequentador. O organizador do evento também foi autuado e recebeu uma multa de R$ 50 mil, além de assinar o Termo Circunstanciado por infringir medida sanitária.


CONTRABANDO - Uma loja de conveniência na Rua Professor Algacyr Munhoz Mader, na CIC, foi alvo de uma abordagem da AIFU por conta de denúncias de funcionamento irregular com relação ao decreto estadual. Ao ser feita a abordagem, por volta de 23h11, foram encontrados 39 carteiras de essências e 54 carteiras de cigarros contrabandeados.


Já no Boqueirão, por volta de 22h40, em uma distribuidora localizada na Rua Professor João Soares Barcelos, os policiais militares encontraram 45 carteiras de cigarros contrabandeados.

Em ambos os casos, os materiais foram entregues à Receita Federal e os proprietários dos respectivos estabelecimentos orientados sobre a irregularidade constatada.


Fonte: AEN


2 visualizações0 comentário