• PORTAL G7

Agência do Trabalhador da Cultura oferta mais 100 vagas para o Festival de Teatro de Curitiba


Profissionais vão trabalhar no evento entre 28 de março e 10 de abril. Funções vão desde de técnico de som, montador de som, operador de luz, recepcionista a técnico de som Nível A. Seleção termina na sexta-feira (18).



Foto: SECC / Marigas Maciel



A Agência do Trabalhador da Cultura (ATC), primeiro e único Posto Avançado da Cultura no País da Agência do Trabalhador, abriu esta semana mais 100 vagas para postos de trabalho temporário no Festival de Teatro de Curitiba, que começa em 29 de março. Os novos postos vão desde aprendiz de técnico de som, montador de som, operador de luz, recepcionista a técnico de som Nível A.


Os selecionados vão trabalhar nas atividades do evento entre os dias 28 de março e 10 de abril. Na semana passada, foram abertas 43 vagas de trabalho temporário para técnicos e outras funções nos bastidores do Festival. Além de experiência e habilidades para cada função, os interessados precisam ter disponibilidade integral para o período do evento.

O prazo para a seleção final é 18 de março (sexta-feira). Os interessados devem comparecer à Agência do Trabalhador da Cultura (Rua Saldanha Marinho, 240, no Centro de Curitiba), com documentos pessoais e preencher uma ficha cadastral.

Iniciativa da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura via Superintendência-Geral da Cultura, a Agência do Trabalhador da Cultura é um agente intermediário entre empregadores e trabalhadores. Artistas, técnicos e profissionais das variadas áreas das artes e da cultura podem – e devem – se cadastrar.


Novos postos de trabalho são comunicados semanalmente, principalmente na conta do Instagram @cultura_paraná. O serviço é totalmente gratuito. Mais informações pelo telefone e WhatsApp (41) 3321-4743.


Serviço:

Agência do Trabalhador da Cultura Rua Saldanha Marinho, 240, Centro – Curitiba E-mail: agenciacultura@secc.pr.gov.br Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 17h.



Fonte: AEN

1 visualização0 comentário