• PORTAL G7

Alertas para enfrentamento da Covid-19 nas próximas semanas


CRM-PR e presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia chamam a atenção da população para uma das fases mais críticas da evolução da doença no Estado, desde o início da pandemia.



Arte: CRM-PR / Facebook



Neste domingo (14), representantes de duas entidades da área da Medicina, uma estadual e outra nacional, fizeram alertas importantes sobre uma das fases de avanço mais rápido da Covid-19 no Estado, desde que a pandemia começou.


Por um lado, o Conselho Regional de Medicina do Paraná emitiu um comunicado com recomendações para a população, a fim de evitar a proliferação das contaminações pelo novo coronavírus.


De outro, o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Clóvis Arns da Cunha, fez um alerta mais amplo.


Na carta, dirigida aos profissionais da área da Saúde e à sociedade em geral, o gestor divulga as orientações e reforça o momento de aceleração da Covid-19 no Paraná e em Curitiba, em especial, nesta semana.


O documento também registra, sem citar estatísticas, o aumento de novos casos em outros estados, das regiões Sul e Centro-Oeste.



Foto: SBI



Leia a íntegra da carta:



"Prezados Colegas e Amigos!

Quase com certeza, vamos enfrentar a pior semana da epidemia da covid até agora em Curitiba e no Paraná.

Mesmo hospitais privados de Curitiba já estão sem vagas de UTI ou com poucas disponíveis.

Vários internamentos nas últimas 24 horas!!

Se conseguirmos convencer a população a seguir as medidas de isolamento social, provavelmente, conseguiremos voltar a ter a epidemia “sob controle” em 4 a 6 semanas. Se não conseguirmos, poderá acontecer aqui o que todos vimos em outras cidades no mês de maio. O estado do RS também está enfrentando a mesma situação do PR. Estados do Centro-Oeste, como MT, MS e GO, também registraram um aumento significativo de casos nesta última semana. Enfim, acreditem, é o momento de cada cidadão fazer, mais do que nunca, sua parte e evitar aglomerações e locais que não oferecem as 3 regras fundamentais de prevenção: 1) uso de máscaras; 2) distanciamento físico de 1,5m; 3) higienização de mãos. Será importante seguirmos as orientações das secretarias municipais e estaduais de saúde!! VÁRIAS instituições de saúde e municípios do PR estão com dificuldades de comprar respiradores, oxímetros e ter equipe de enfermagem e/ou médica para abrir mais leitos!!! Vamos juntos vencer a covid!


Clóvis Arns da Cunha, CRM-PR 11.234, Infectologista e Presidente da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia) Curitiba, 14 de junho de 2020."


Da Redação

25 visualizações0 comentário