• PORTAL G7

Aporte do governo a jovens empreendedores tem apoio da Alep


Presidente da Comissão da Juventude, deputado Galo (PODE) se pronunciou no plenário em relação à iniciativa de incentivo financeiro do Estado a novos projetos, para pessoas entre 18 e 29 anos.



Fotos / Vídeo: Alep - Dálie Felberg / TV Assembleia / AEN - José Fernando Ogura



Nesta terça-feira (17), o deputado Galo (PODE) ocupou a tribuna do Plenário da Assembleia Legislativa (Alep). No discurso, o parlamentar enalteceu a iniciativa do governador Carlos Massa Ratinho Junior, que lançou o Programa Jovem Empreendedor.


"Me deixou muito feliz, porque não tínhamos isto, há muito tempo atrás. Este deputado, quando tinha 14, 15, 16 anos de idade, procurava emprego como menor aprendiz. E hoje, nós temos um governo que volta-se também para a juventude e lança o Programa Jovem Empreendedor. O jovem empreendedor terá futuro dentro do Estado do Paraná", disse.


Para o deputado, este suporte desburocratizado é o incentivo que faltava para a realização de grandes projetos. "É um programa que ficará marcado para sempre. Do jovem empreendedor, nós poderemos ter sucesso, nós poderemos ter uma condição de que tenhamos uma grande empresa, um grande projeto para o Paraná, para o Brasil e, quiçá, para o mundo", afirmou.


Aos seus pares, no plenário, e ao vivo, pela TV Assembleia, o parlamentar exclamou: "Isto é reflexo da valorização do Governo Ratinho Junior, olhando para o jovem, pensando no dia de amanhã. Então, o Programa Jovem Empreendedor é um prêmio para os jovens".


Galo se pronunciou na condição de presidente da Comissão da Juventude da Alep. "Como presidente da Comissão da Juventude nesta Casa, estou muito feliz por esta iniciativa de Vossa Excelência, governador Ratinho Junior, e também, do secretário Ney Leprevost, da Justiça, Família e Trabalho. Eu deixo meus cumprimentos a todos os envolvidos neste grande programa. Senhoras e senhores, famílias, os seus filhos, os nossos netos têm futuro dentro do Paraná. Que seja bem-vindo um bom projeto. Para isto, existe o incentivo deste governo, incentivo ao jovem empreendedor", finalizou o deputado.



Assista o vídeo:




COMO FUNCIONA - Promovida em uma parceria entre a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Fomento Paraná, a iniciativa oferece linhas de crédito para incentivar a geração de emprego e o desenvolvimento de negócios para pessoas de 18 a 29 anos.


Nas linhas de crédito do BRDE, os recursos poderão financiar capital de giro, obras civis e instalações, compra de equipamentos e softwares, desenvolvimento de software, capacitação e treinamento, gastos de desenvolvimento de produtos e serviços, e gastos pré-operacionais.


Os créditos disponibilizados variam segundo o perfil da empresa. Para as microfinanças são disponibilizados até R$ 200 mil; para produtores rurais até R$ 1 milhão; e, para micro, pequenas e médias empresas, até R$ 5 milhões.





Já na linha de microcrédito fornecida pela Fomento Paraná, o objetivo é apoiar empreendedores jovens que desejam investir em um negócio próprio. O microcrédito é composto por empréstimos e financiamentos de até R$ 20 mil, com até três meses de carência e prazo total de 36 meses para pagamento. É destinado a trabalhadores informais, empreendedores individuais e microempresas com faturamento anual de até R$ 360 mil.


O crédito será acessível para pessoas físicas ou jurídicas que buscam fomentar seu negócio sem comprometer o fluxo de caixa da empresa com parcelas de empréstimos elevadas. Além da burocracia reduzida, os empréstimos de linhas de fomento têm taxas de juros menores do que as do mercado financeiro, possibilitando ao empreendedor conseguir um aporte maior por uma parcela menor.



Da Redação / AEN

1 visualização0 comentário