• PORTAL G7

Pesquisa 2022: Bolsonaro lidera; Lula, Moro e Haddad vêm em 2.º


Em cenários estimulados, foi medida a preferência popular momentânea de 13 possíveis candidatos ao Palácio do Planalto.



Foto: YouTube



Neste sábado (2), o Instituto Paraná Pesquisas apresentou uma pesquisa de opinião pública sobre a corrida presidencial, para o pleito de 2022.


Em três cenários estimulados, foram apresentados aos eleitores 13 nomes de possíveis candidatos ao Palácio do Planalto. Cada um destes cenários foi montado com nove nomes.


Na primeira configuração, foram colocados como candidatos Jair Bolsonaro (27,0%), Sérgio Moro (18,1%), Fernando Haddad (14,1%), Ciro Gomes (10,3%), Luciano Huck (6,0%), João Amoêdo (4,0%), João Doria (3,7%), Guilherme Boulos (1,2%) e Wilson Witzel (1,0%). Nesta composição, 9,2% dos eleitores não votariam em nenhum deles e 5,4% não souberam responder.


No segundo cenário, saem Fernando Haddad e Luciano Huck e entram Lula e Marina Silva. O resultado foi este: Jair Bolsonaro (26,3%), Lula (23,1%), Sérgio Moro (17,5%), Ciro Gomes (8,1%), João Amoêdo (4,0%), João Doria (3,8%), Marina Silva (2,3%), Wilson Witzel (1,2%) e Guilherme Boulos (0,7%). No quadro suposto, 8,3% não votariam em nenhum deles e 4,7% não souberam responder.


E na terceira e última leitura, saem Sérgio Moro e Guilherme Boulos e entram Luiz Henrique Mandetta e Flávio Dino. Aqui, este foi o resultado: Jair Bolsonaro (29,1%), Fernando Haddad (15,4%), Ciro Gomes (11,1%), Luciano Huck (8,1%), Mandetta (6,8%), João Amoêdo (4,5%), João Doria (4,4%), Flávio Dino (1,4%) e Wilson Witzel (1,1%). Já neste cenário, 12,2% não votariam em nenhum deles e 5,9% não souberam responder.


A pesquisa também revela o potencial eleitoral de 6 dos 13 nomes propostos. E mostra, ainda, a avaliação, o nível de aprovação e a expectativa em relação à atual administração.


Foram ouvidos 2.006 eleitores com 16 anos ou mais, em 182 municípios, de 26 Estados e do Distrito Federal, entre os dias 27 a 29 de abril, através de entrevistas telefônicas. O grau de confiança é de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais.


Para informações detalhadas sobre a pesquisa, acesse o link:


https://www.paranapesquisas.com.br/pesquisas/pesquisa-nacional-situacao-eleitoral-para-o-executivo-federal-e-avaliacao-da-administracao-federal-maio-2-020/


Da Redação

16 visualizações0 comentário